quinta-feira, 21 de abril de 2011

Posse Efémera.

Tinha muito pouco. Pouco.
Aos poucos, foi tendo mais. Mais.
De repende, ficou com muito. Muito.
Tinha tanto tanto. Tanto.
Engasgou-se e ficou sem nada. Nada.

1 comentário:

  1. O Sr tem neste texto qualquer coisa de Floribella!

    muito gosto
    B.V.

    ResponderEliminar